Conheça dez animais com habilidades incríveis


Não estamos falando do poodle da sua tia que “dá a patinha” quando quer um biscoito, mas de animais com habilidades extraordinárias, que humanos nem sonhariam em ter. Confira a nossa lista e sinta-se a vontade para contribuir nos comentários:

Morcegos

(Foto: Reprodução/Hypescience)

Morcegos, além de serem os únicos mamíferos voadores, conseguem evitar obstáculos e capturar insetos no ar emitindo ganidos ultrassônicos e interpretando o eco das ondas sonoras, reconhecendo o ambiente através do som. Essa espécie de sonar também é usada pelos golfinhos.

Tubarões

(Foto: Reprodução/Hypescience)

Nunca brinque de esconde-esconde com um tubarão – além do perigo mortal, você vai perder, com toda a certeza. Eles possuem células especiais no cérebro que são sensíveis aos campos de eletricidade gerados por outras criaturas. Essa habilidade é tão refinada em alguns tubarões que eles conseguem encontrar peixes se escondendo debaixo da areia.

Serpentes venenosas

(Foto: Reprodução/Hypescience)

Órgãos sensíveis à temperatura localizados entre as narinas das cobras permitem que elas sintam o calor gerado pelos corpos de suas presas. Como há um em cada lado da cabeça, isso faz com que a cobra possa atacar com precisão mesmo em ambientes escuros.

Beija-flores

(Foto: Reprodução/Hypescience)

Os olhos desses pássaros são “sintonizados” para frequências de luz acima do que os humanos podem ver. Pássaros que, para nós, parecem ser de cores completamente apagadas são vistos com cores radiantes por beija-flores.

Gatos

(Foto: Reprodução/Hypescience)

Os bichanos possuem uma membrana similar a um espelho no fundo de seus olhos, que lhes permite se mover e caçar na mais absoluta escuridão. Chamada de tapetum lucidum, a membrana reflete a luz que já foi absorvida pela retina, fazendo com que os olhos possam absorver duas vezes mais luz.

Cobras

(Foto: Reprodução/Hypescience)

Quando você vê uma cobra mostrando a língua, ela está “cheirando” o ambiente. Ela usa a sua língua para coletar partículas no ar – a língua coberta é, então, levada ao céu da boca, onde órgãos especiais “analisam” essas partículas e processam os odores, transformando-os em sinais elétricos que são enviados para o cérebro.

Mariposas

(Foto: Reprodução/Hypescience)

Para mariposas a música “Love is in the air” (o amor está no ar) faz muito sentido. Elas podem detectar sinais químicos no ar, chamados de feromônios, emitidos por indivíduos do sexo oposto em até 11 quilômetros de distância.

Ratos

(Foto: Reprodução/Hypescience)

A maior parte dos ratos tem uma visão muito ruim, mas eles são compensados pelos seus bigodes. Eles usam os longos pelos como pessoas cegas usam suas bengalas – analisando o terreno através das vibrações.

Peixes da família Scianidae

(Foto: Reprodução/Hypescience)

Esses peixes “ouvem” usando o ar em suas bexigas. Elas conseguem detectar sons e vibrações e enviá-las a uma série de ossos no ouvido interno do peixe, células de lá enviam a informação para o cérebro.

Aves migratórias

(Foto: Reprodução/Hypescience)

Muitos pássaros, especialmente aqueles que migram, usam o campo magnético da Terra para não se perder durante voos longos. Os cientistas ainda não têm certeza da forma exata com que isso é feito, mas estudos recentes sugerem que os pássaros podem possuir uma forma de sinestesia que os faz ver as linhas magnéticas do planeta.

Fonte: Hypescience


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

MAUS-TRATOS

DESMONTE AMBIENTAL

ZOOFILIA

RÚSSIA

FINAL FELIZ

CRUELDADE

CRISE ECONÔMICA

SINERGIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>