Ativistas protestam contra a feira agropecuária Expointer


Por Marcio de Almeida Bueno   (da Redação)

(Foto: R. Santini)

Neste domingo, dia 29 de agosto de 2010, mais uma vez dezenas de ativistas realizaram protesto em frente à Expointer, a maior feira agropecuária do Brasil, e uma das maiores do mundo. Das 10h às 16h, a Vanguarda Abolicionista esteve fez panfletagem junto às bilheterias do Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio – região metropolitana de Porto Alegre, com participação dos grupos ComPaTa, de Passo Fundo, e Projeto Pró-Animal, de São Leopoldo.

(Foto: R. Santini)

Dentro do parque, animais confinados, engaiolados, puxados pelo nariz ou esperando a hora de morrer, exposições dos campeões das ‘raças’, e a final do Freio de Ouro, tradicional rodeio gaúcho. No portão principal, banners e faixas foram erguidos, denunciando a situação de escravidão, exploração e morte a que os animais são submetidos, a despeito da idéia de ‘bem tratados’. Com uma maioria de veganos e alguns vegetarianos, os cerca de 30 ativistas apresentavam ao público a opção de uma vida que prescinde de carne, leite, ovos, couro, etc, nem de diversão às custas do sofrimento animal, como rodeio e laço.

(Foto: R. Santini)

Milhares de pessoas entravam na Expointer e obrigatoriamente passavam pelo protesto, recebendo material impresso ou mesmo interessando-se pelas mensagens dos banners. “É que para comer carne a gente tem que matar a vaquinha, minha filha, e esse pessoal está pedindo que não se matem mais os animais”, explicou uma mãe à filha pequena, que perguntava sobre o significado das fotos e dos dizeres.

(Foto: R. Santini)

Um simpático cachorro de rua se aproximou dos manifestantes, recebendo água para beber e pomada cicatrizante em um machucado que apresentava, graças a duas participantes que também atuam na proteção animal.

(Foto: R. Santini)

O protesto se encerrou ao final da tarde, após mais de mil cópias do material impresso preparado para a ocasião terem sido distribuídas ao público pedestre. Clique aqui para ver a matéria sobre o protesto publicada no jornal Zero Hora.

(Foto: R. Santini)

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AVANÇO

COMPORTAMENTO

'SAVE RALPH'

ÍNDIA

REVOLTA

AÇÃO SOCIAL

MÉXICO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>