Cachorro é esfolado vivo em frente à sua própria casa


Por Raquel Soldera (da Redação)

Um caso de crueldade chocou os moradores de Villa Carlos Paz, um município da província de Córdoba, na Argentina. Um cachorro foi esfaqueado, esfolado e deixado com vida em frente à casa onde vivia há cinco anos.

O cachorro, chamado Spike, foi encontrado na rua por sua tutora, Maria José Tello, ainda com vida, por volta das 19h do dia 16 de agosto. A tutora pediu a ajuda de vizinhos, que chamaram a polícia.

O animal foi esfaqueado do pescoço até a cauda e teve seu couro retirado. “O único lugar em que era possível pegá-lo era nas extremidades, e o couro ia arrastando. Ele dava dois ou três passinhos e caía”, disse a tutora.

Foto: Facebook

Norma de Pomponio, do Instituto Protetor de Animais Desamparados, classifica o caso como “inacreditável e uma aberração”, e disse que o responsável por tamanha crueldade sabia o que estava fazendo, porque “fez três cortes e retirou o couro perfeitamente”.

Spike foi levado ao veterinário pela protetora Norma, mas precisou ser sacrificado devido aos ferimentos.

A tutora acredita que seu vizinho, Pablo Abregu Nuñez, seja o responsável por tamanha crueldade, devido a conflitos anteriores. Disse que Pablo já havia ameaçado matar o cachorro em situações anteriores, e teme pela sua própria segurança. “Creio que não vai parar aí. Isso é um aviso”, disse Maria José Tello em entrevista ao telejornal argentino Telenoche, da emissora El Trece.

A protetora dos animais Eliana Cicolella formalizou a denúncia do caso ao Ministério Público. “Isso não constitui maltrato, mas sim crueldade. A pena para este tipo de atrocidade é de um a três anos de prisão”, disse ela. “Hoje fazem isso a um cachorro, e amanhã podem fazer a mesma coisa com uma pessoa”.

Segundo informações divulgadas no site do PrensAnimalista, o caso está sendo investigado pelo Ministério Público argentino.

Protetores dos animais iniciaram uma manifestação pela rede social Facebook, e organizaram uma manifestação para esta segunda-feira, 23, exigindo justiça e a aplicação da lei argentina n° 14.346, de proteção aos animais.

Imagem: Facebook

Assista ao vídeo com a reportagem feita pelo telejornal argentino Telenoche, da emissora El Trece:


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AMOR

RIO DE JANEIRO

ALTERNATIVA VEGANA

GENEROSIDADE

REABILITAÇÃO

EMPATIA

RECEPÇÃO

FINAL FELIZ


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>