Jovens que espancaram cordeiros até a morte são poupados pela justiça


Por Fernanda Franco  (da Redação)

A RSPCA (Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals) está reivindicando uma punição mais severa para condenar dois adolescentes que assassinaram dois filhotes de cordeiros, na Austrália.

Os jovens tinham 16 anos quando, num ato de covardia e crueldade, espancaram até a morte os animais, em novembro do ano passado. Segundo matéria do jornal Top News, os criminosos confessaram o crime de crueldade e assassinato contra os animais, no entanto receberam uma pena simbólica, sendo apenas obrigados a participar de um programa comunitário.

Cordeiros parecidos com esses da foto foram espancados até a morte pelos adolescentes (Foto: Leigh Jensen)

Michael Beatty, da RSPCA, afirma que esse caso foi um dos mais terríveis já registrados em Queensland, nos últimos anos e que, portanto, a justiça deveria ser mais severa para evitar práticas parecidas no futuro.

“Precisamos coibir condutas como essa e diminuir cada vez mais os casos de crueldade contra os animais”, diz Beatty.

Segundo Michael, pouca coisa melhorou em relação às punições dadas a quem pratica crimes contra animais.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PRESERVAÇÃO

DESESPERO

CONSOLO

CALIFÓRNIA

ANGÚSTIA

COMPANHIA

VIOLÊNCIA INJUSTIFICADA

ASSASSINATO BRUTAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>