Escritor indiano lança livro infantil sobre maus-tratos de animais em circos


Com lançamento mundial na Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), Rio de Janeiro, dia 6, Luka e o Fogo da Vida, do escritor indiano Salman Rushdie, tem algo de Harry Potter – e todos os ingredientes para conquistar seus leitores.

Luka e o Fogo da Vida narra a história de um garoto de 12 anos, filho de um contador de histórias, Rashid Khalifa. Certo dia, por amaldiçoar um circo que maltrata animais, provocando involuntariamente um incêndio, Luka vê seu pai enfeitiçado pelo perverso treinador que usa o chicote contra os indefesos bichos do circo. Recolhido a um sono profundo que pode levar Rashid à morte, ele só será resgatado se o filho roubar o fogo da vida na Montanha do Conhecimento. Parece um videogame. E é quase um. Rushdie dedica o livro ao filho Milan, que tem quase a mesma idade de Luka.

Em entrevista por telefone, de Londres, Rushdie revela, inclusive, que já trabalha numa adaptação desse seu novo livro para o cinema, assistido pelo cineasta inglês Alan Parker (“Evita”). Inicialmente, pensou em Terry Gilliam para dirigir Haroun e o Mar de Histórias, mas ele estava envolvido com outros projetos. Publicado em 1990, Haroun é o livro do qual saíram os protagonistas de Luka, outra fábula no melhor estilo de Italo Calvino.

Rushdie já esteve na Flip há cinco anos e sua mesa, nesta oitava edição, foi uma das primeiras a ter lotação esgotada.

Com informações de O Estado de S. Paulo



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

GRATIDÃO

INDEFESAS

VIDA NOVA

AÇÃO SOCIAL

AMOR

VIDA NOVA

RIO DE JANEIRO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>