Polícia Civil de Rio Claro já registou 13 casos de crueldade contra animais neste ano


A Polícia Civil de Rio Claro, na região Central do Estado de São Paulo, já registrou 13 casos de crueldade contra animais neste ano. Em menos de uma semana, três cães e um gato foram maltratados e ainda estão recebendo tratamento. Um dos animais é um pitbull. Há dois dias, ele se recupera de um espancamento. Em outro caso de crueldade, um gato entrou em uma casa e a dona jogou álcool e ateou fogo. O felino sofreu sérias queimaduras e o caso foi parar na polícia. Veja notícia publicada na ANDA sobre os dois casos. 

Um outro pitbull foi abandonado em uma rodovia e acabou atropelado. Ele teve fraturas no fêmur e, 20 dias depois, o cachorro quase não consegue andar.

Um filhote mestiço de rottweiler de três meses foi encontrado em um terreno. Nas patas, há marcas de um arame usado para amarrá-lo a um poste. Uma pancada na cabeça deve ter prejudicado a visão do animal.

O Grupo de Apoio de Defesa dos Animais (GADA) recebe cerca de 300 denúncias de maus-tratos por mês. Em São Carlos, o Centro de Controle de Zoonoses recebe cerca de 200.

Uma lei federal define maus-tratos como crime ambiental, com pena de três meses a um ano de prisão. Para denunciar, basta procurar a ouvidoria do Ibama pelo telefone 0800 618080 ou então pelo e-mail: denuncia.sede@ibama.gov.br.

Fonte: EPTV


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

BOA AÇÃO

CHINA

HEROÍNA

FINAL FELIZ

PAUTA EMERGENCIAL

SOLIDARIEDADE

GESTO DE AMOR


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>