Protetora homenageia Peri: um cão vítima do abandono que foi exemplo de resignação


Juana Braga e Sandra Marcos
juanabraga@yahoo.com.br

Sexta-feira (9), depois de tanta luta, tanta resignação, tanto sofrimento, o cãozinho PERI nos deixou. Partiu da mesma forma que entrou nas nossas vidas, sem pedir nada, sem queixa, silencioso… Foi abandonado num Hotelzinho no reveillon de 2006. Era um cão idoso (estava com mais ou menos 10 anos quando o conhecemos), tinha displasia e artrose degenerativa muito avançada.  Foi tratado na USP pelas equipes de Ortopedia e Equipe da dor. Viveu num Hotel 4 longos anos.

É verdade que 3 vezes por semana o trazíamos para passar a tarde conosco, mas nunca é a mesma coisa que ter um lar. Na hora de voltar para o hotel, esticava o pescoço, “empacava” se recusando a sair, isso nos dava muita pena. Fizemos tudo que podíamos, mas não conseguimos dar a ele o tão sonhado lar… Peri tomava muitos remédios, por isso tínhamos receio de doá-lo, quem iria querer um cão tão dispendioso? Optamos por mantê-lo ao nosso lado. Era o nosso companheiro e amigo. Saía  conosco para outros resgates, para levar os amigos de 4 patas ao vet e até sequestro relâmpago o nosso Perizoca vivenciou!

Peri  tinha a Dignidade dos Marginalizados, aceitando humildemente todo sofrimento que a vida lhe impôs. Era doce, digno, nobre, não conseguimos imaginar o que fez uma pessoa abandonar esse Majestoso Cão. Quando o conhecemos nem levantava a cabeça, estava em profunda depressão, aos poucos fomos conquistando sua confiança.

Perizoca, felizes nós duas, que pudemos desfrutar da tua presença. Tivemos momentos lindos, teu final foi sofrido mas, felizmente na última semana você estava morando entre a casa da Sandra e a minha. Nos resta o consolo de saber que no final de tua estada aqui na terra você esteve amparado e se soube amado.

Siga em paz amigo, você nos ensinou o sentido da resignação e da tolerância. Você deixou uma lacuna, um vazio…Era único e soberbo.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

GOIÂNIA (GO)

MÉXICO

CRUELDADE

AMOR

EMPATIA

AMOR

CRUELDADE

CHINA

FINAL FELIZ


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>