Grupo realiza protesto contra gerente de terminal rodoviário que prende cães em fosso


Por Danielle Bohnen   (da Redação)

Cerca de 200 pessoas protestaram, na última quinta-feira (08) em frente ao terminal rodoviário na capital de Mendoza, província a oeste da Argentina.

Os jornais diários Costanera, Vicente Zapata e MDZ junto à ONGs protetoras de animais convocaram o público para protestar contra a atitude do gerente do terminal, Horácio Brandi, que trancou em um fosso os cachorros que ali viviam.

O protesto foi pacífico, os manifestantes não interronperam o trânsito, apenas levaram cartazes e entregaram folhetos para os motoristas e transeuntes.

O material entregue dizia a respeito à implantação de medidas de prevenção como castração para controlar a população de animais abandonados e que matá-los não é a solução.

A organização da manifestação se deu de forma espontânea. No dia em que os jornais publicaram as fotos denunciando o descaso no tratamento dos animais, os leitores manifestaram críticas e decisidiram pela mobilização.

Os animais não foram mais vistos pela população, segundo o Canil de Guaymallém, eles foram levados de volta ao terminal.

Com informações do MDZ


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ATROCIDADE

POLÍTICA PÚBLICA

RECOMEÇO

BANALIZAÇÃO

CAZAQUISTÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>