Casal de poodles encontrados na região de Interlagos (SP) precisa de resgate urgente


Helen Gallo
helengallo@yahoo.com.br

Foto: Arquivo Pessoal

Há uma semana, ao chegar na casa de uma aluna no bairro de Interlagos-SP, deparei-me com um casal de poodles. Eles haviam sido abandonados na madrugada anterior, segundo me contou a família. A mãe de minha aluna e eu tentamos chegar perto deles e alimentá-los, mas o macho ameaçou nos morder.

Como eu não conseguiria atraí-los para dentro do carro e ela não poderia colocá-los para dentro de casa, pois tem dois cachorros de porte grande que não aceitam outros animais, a mãe de minha aluna passou a alimentá-los, mas depois de alguns dias eles deixaram de ficar em frente à casa dela.

Hoje fui novamente na casa dessa minha aluna e, para minha surpresa, quem apareceu? O casalzinho de poodles. A fêmea é bastante dócil e chegou a me “cumprimentar”, mas o macho é muito desconfiado e rosnou para qualquer aproximação maior (uns dois metros de distância!!!) que tentei. Pouco depois de eu ter chegado, uma moça parou por lá e tentou recolhê-los.

Foto: Arquivo Pessoal

A fêmea logo entrou no seu carro, mas depois ela ficou por volta de 40 minutos tentando fazer com que o macho também entrasse, sem sucesso. Ela acabou desistindo e deixou-os lá, pois ambos ficaram desesperados com a separação.

Gostaria muito de ajudar essa duplinha, mas não tenho a mínima experiência numa situação desta. Não sei o que e como fazer para recolher esse poodle tão arredio. Pior ainda, não sei como proceder depois, porque se ele não aceita aproximação, como fazer para conviver com ele? Talvez alguém com mais experiência conseguisse tirá-los da rua.

A fêmea é o cachorro bege. Eles ficam nas proximidades da esquina da Rua Norman Prochet com a Rua Maestro Eduardo de Guarnieri, em Interlagos, São Paulo-SP. Neste local há uma guarita, e o moço que fica lá acompanha tudo.

Foto: Arquivo Pessoal

A Rua Norman Prochet dá para os fundos de um parque no meio do bairro, onde há um lago, espaço para cooper e alguns aparelhos de ginástica. Hoje eu os encontrei próximo aos aparelhos de ginástica, cujo acesso se dá um pouco depois dessa esquina, à esquerda. No entanto, é mais comum eles ficarem na própria Rua Norman Prochet, pois têm sido alimentados por moradores do local.

É necessário alguém que tenha experiência para recolhê-los, pois o macho é muito arisco. Espero que a ajuda venha em breve!


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DE OLHO NO PLANETA

ARTIGO

MAUS-TRATOS

TRAGÉDIA

RETROCESSO

SOFRIMENTO

DIFICULDADES FINANCEIRAS

BELO HORIZONTE (MG)


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>