Fóssil de baleia cachalote gigante é encontrado no Peru


Foto: Nature

O fóssil de uma gigantesca baleia cachalote, datando cerca de 12 a 13 milhões de anos, foi encontrado na costa do Peru. A descoberta, publicada esta semana na revista Nature, indica que a baleia pertence a um tipo desconhecido de cachalotes.

O fóssil recebeu o nome de Leviathan (grande monstro dos mares, em Latim) melvillei, em homenagem a Herman Melville, autor do clássico Moby Dick.

Este é o maior fóssil de cachalote já encontrado. De comprimento, a baleia tem pelo menos 13 metros, e seu crânio tem ao menos 3 metros de comprimento e 190 cm de largura.

O pesquisador Olivier Lambert e seus colegas acreditam que a criatura, que tinha dentes de 36 centímetros de altura e 12 centímetros de largura em ambas as arcas, teria sido um poderoso predador, matando animais menores da mesma forma que as orcas.

As cachalotes modernas se alimentam por sucção, mas têm a maior mordida entre os tetrápodes. Apesar disso, seus dentes são relativamente pequenos e restritos à arcada inferior e por isso elas se alimentam de pequenos animais marinhos, como lulas.

Os restos da baleia foram encontrados na mesma camada do oceano onde pesquisadores já haviam achado um tubarão gigante. Para os autores da pesquisa, os dois predadores devem ter existido no mesmo período, se alimentando de outros animais vertebrados, como baleias menores.

Fonte: O Globo


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

MAUS-TRATOS

EMPREENDEDORISMO

AÇÃO HUMANA

CONSCIENTIZAÇÃO

ABUSO

ÓRFÃO

COREIA DO SUL

SOB INVESTIGAÇÃO

RETROCESSO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>