Apesar das denúncias ao Batalhão Ambiental, cão morre de frio e fome no RS


Mara Santos
marasantos1973@hotmail.com

Foto: Arquivo Pessoal

Há mais de um mês fiz uma ocorrência por telefone, sobre um cachorro de porte grande que estava sendo mantido sem água e comida, num local de difícil acesso.

Falei com uma pessoa do Batalhão Ambiental, que me prometeu que tomaria providências. Essa pessoa, inclusive, me pediu para retornar e cobrar. O número da ocorrência: 2010075890

O cachorro estava em Porto Alegre (RS), moro em Canoas e fui várias vezes alimentá-lo, chegando a ser agredida pelos tutores. Ontem fui saber como o cachorro estava e descobri que ele morreu de fome e frio. O Batalhão Ambiental nem chegou a aparecer, como havia prometido.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

HOMENAGEM

ESCRAVIDÃO

DADOS ALARMANTES

MAUS-TRATOS

DESMONTE AMBIENTAL

ZOOFILIA

RÚSSIA

FINAL FELIZ

CRUELDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>