Aposentado é detido com mais de 180 pássaros silvestres


Um aposentado de 72 anos foi flagrado, por volta das 9h desta quarta-feira (23), com mais de 180 pássaros silvestres mantidos em cativeiro em sua casa. Ele mora em um sobrado no Conjunto Requião, em Maringá (PR). Entre as aves havia espécies raras, que eram vendidas por até R$ 1 mil.

Esta é a segunda vez que Orlando Herrero Rubio é detido pela Polícia Ambiental Força Verde pelo crime de tráfico de animais silvestres. Segundo o sargento Oswaldo Steigenberg, o acusado disse que as aves eram trazidas de Guarapuava.

Entre os pássaros apreendidos havia trinca-ferrros, curiós, pintassilgo, canários-da-terra, coleiros, bicos-de-pimenta, sabiás, entre outros.

Segundo a Polícia Ambiental, o tráfico de animais silvestres é o terceiro tráfico mais rentável no País, atrás apenas dos entorpecentes e das armas.

Rubio deve receber uma multa de R$ 500 por ave apreendida e responder em liberdade pelo crime de tráfico de animais silvestres, cuja pena prevista é de seis meses a um ano de detenção.

As aves apreendidas serão avaliadas por um veterinário e, se estiverem saudáveis, serão soltas nas matas da região. As que necessitarem de apoio serão encaminhadas para criadouros autorizados para acompanhamento.

Fonte: odiario.com


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

RECOMEÇO

CONSCIÊNCIA

DESAMPARO

COVARDIA

APOIO COLETIVO

CONSCIENTIZAÇÃO

MISSÃO

SÃO SEBASTIÃO (SP)

DEMANDA CRESCENTE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>