Exposição de fotos traz a beleza das aves do cerrado


Um grupo de entusiastas de aves preparou uma exposição de fotos de pássaros nativos do Distrito Federal, inaugurada neste sábado (5) no parque Olhos D’Água, na Asa Norte. Aves de Brasília 50 anos é uma iniciativa dos colaboradores do site WikiAves — enciclopédia de pássaros online — e um convite à reflexão e ao olhar perspicaz sobre a fauna da cidade. A mostra aproveita o Dia Mundial do Meio Ambiente – 5 de junho – e exibe fotografias de 38 espécies nativas de Brasília, todas clicadas por 19 entusiastas da avifauna residentes na cidade.

As imagens estão dispostas em cinco painéis que formam um circuito iniciado no quiosque central e que adentra o parque. Além das imagens, o visitante conhecerá o nome popular e o nome científico das espécies, assim como o local onde os animais foram encontrados e quem os fotografou. “Com essa exposição, queremos mostrar para a comunidade, não só do parque, mas também de Brasília, a riqueza da nossa avifauna”, explica o arquiteto Tancredo Maia, coordenador da exposição.

Margi Moss, queniana radicada no Brasil há 30 anos, também é curadora da mostra e sabe muito da abundância natural brasileira e brasiliense. “O DF tem 454 espécies de aves catalogadas e, apesar de corresponder a apenas 0,07% do território nacional, tem 25% de todas as espécies de pássaros brasileiros. Muita gente entra nos parques e nem percebe os pássaros, e o objetivo da exposição é despertar a atenção das pessoas. Acredito muito que, quando você começa a amar uma coisa, começa a lutar por ela”, ensina.

O amor começou cedo para Samuel Ninis Maia, 9 anos. Seguindo os passos do avô Tancredo, Samuel é astuto observador de pássaros e autor de duas fotografias da exposição. Ele flagrou duas corujas-buraqueiras (Athene cunicularia) no Centro Cultural do Banco do Brasil. Mas não foi fácil conseguir a foto. “Esperei, esperei. Tirei um monte de fotos. Até que elas subiram no arame e consegui essa, que ficou melhor”, conta. “Queria que as pessoas preservassem mais. Os pássaros são legais”, incentiva.

A inauguração da exposição também foi uma oportunidade para os membros do WikiAves se encontrarem. O site foi criado em 2008 pelo entusiasta Reinaldo Guedes, de Juiz de Fora (MG). Participantes trocam fotos e informações completas sobre as aves. Em dois anos, o projeto já conquistou 3.288 usuários.

Aves mortas

A última parada do circuito é, na verdade, uma denúncia. Em vez de fotos de pássaros vivos, o painel mostra diversas aves mortas em decorrência do que Maia denomina de “arquitetura vitrinista”: “Em Brasília e no mundo, há uma mania dos arquitetos de fazer prédios espelhados, que refletem não só o seu egoísmo, mas também o céu, os jardins. Isso faz com que os pássaros se confundam e batam nas edificações. São milhares de pássaros mortos desse jeito todos os anos”, alerta Maia.

Coleta de materiais

Outra iniciativa de preservação do meio ambiente veio do shopping Pátio Brasil. Desde 2008, o shopping coleta pilhas e baterias e, em 2009, passou a recolher também lâmpadas dos clientes. Entre janeiro do ano passado e maio deste ano, já foram coletadas 2 toneladas desse tipo de lixo. O material é entregue a uma empresa especializada, que elimina corretamente os componentes — muitos dos quais, como o mercúrio, são reciclados.

Agenda

6 de junho

8h: O Ministério do Meio Ambiente (MMA) promove o 8° Passeio Ciclístico Rodas da Paz e a 1ª Caminhada pelo Meio Ambiente. (a concentração será na Rua das Bandeiras, em frente ao Congresso Nacional).

9h: Observadores do WikiAves convidam simpatizantes e leigos para uma manhã de observação de pássaros e fotografias no Parque Olhos D’Água.

Fonte: Correio Braziliense


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

GRATIDÃO

INDEFESAS

VIDA NOVA

AÇÃO SOCIAL

AMOR

VIDA NOVA

RIO DE JANEIRO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>