Grupo Itapemirim e Renctas realizam ação contra tráfico de animais


Entre os dias 28 de maio e 4 de junho, o Grupo Itapemirim, em parceria com a Renctas – Rede Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres, divulgará nas principais salas de cinemas de Porto Alegre (RS) um vídeo sobre o combate ao tráfico de animais.

A campanha, que alerta sobre a exploração da fauna silvestre, é composta por um filme com 30 segundos de duração, que inicia com a tela toda escura, sons de animais, e uma voz que chama atenção para os desmandos cometidos por essa prática.

“A nossa campanha com a Renctas é constante. Nesta nova fase, o vídeo nos propicia a sensibilização e o despertar do público para a importância do combate ao tráfico de animais”, diz Erika Facca, gerente de projetos da Itapemirim. O vídeo será exibido nas salas de cinema do shopping Bourbon Ipiranga.

Simultaneamente a ação acontece em cinemas de Brasília, Curitiba e Florianópolis, e em outubro a ação volta aos mesmos locais. Nos próximos meses a ação será realizada em outros estados do país. O vídeo faz parte da campanha educativa que o grupo desenvolve desde dezembro de 2004 com o objetivo de esclarecer a população sobre os prejuízos causados pelo tráfico de animais silvestres – considerado o terceiro maior negócio ilegal do mundo, o tráfico de animais silvestres retira do seu habitat, só no Brasil, cerca de 38 milhões de animais por ano.

Com a utilização da estrutura do grupo empresarial, geograficamente bem organizada em mais de 70% do território brasileiro, é possível disseminar informações sobre a realidade desse negócio ilegal, em respeito à biodiversidade no planeta.

Fundada em 1999, a Renctas é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, que combate o tráfico de animais silvestres. Baseada em Brasília-DF, desenvolve suas ações em todo o Brasil, por meio de parcerias com a iniciativa privada, o poder público e o terceiro setor.

Fonte: EcoAgência


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

COMPANHIA

AGROPECUÁRIA

POVOS ORIGINÁRIOS

FINAL FELIZ

DOR E SOFRIMENTO

DESUMANIDADE

AGRESSÃO BRUTAL

INDÚSTRIA CRUEL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>