Cachorra vítima de atropelamento sofre indiferença e precisa de ajuda


Alessandra Dubles

aledubles@gmail.com

Foto: Arquivo Pessoal

Hoje eu estava na correria com os peludos, vindo da Ulbra, pois tinha levado uns cães machos para castração e quando passava na estação Mathias Velho, em frente ao Nacional, com uma  amiga, olhei para o lado e vi uma cena de filme de terror: uma cadelinha esquelética com o rostinho todo desfigurado e um olho pendurado.

Havia umas pessoas na parada de ônibus ao lado dando risada da cadelinha, não acreditei… Desci do carro e fui atrás dela, que já estava cambaleando, pois não tinha mais forças para seguir. Amigos, fazia tempo que não via uma cena tão horrível  como a de hoje.

Liguei para Cristina da Tamoio, e ela já estava fechando a clínica veterinária, então expliquei a situação e a levamos para lá. A veterinária acha que foi atropelamento, pois a mandíbula está quebrada, e o corte profundo no rosto parece ocasionado por atropelamento mesmo.

Bom, a cachorrinha está  internada, já foi feito tudo que precisava, agora vamos esperar ela reagir. Ela tem um olhar tão sofrido, não gemeu por nenhum instante, estava muito magrinha…

Estou muito triste por tudo. Ela não merecia passar por tudo isso e ainda por cima ser motivo de riso para alguns marginais que se encontravam no local. Cada vez mais tenho nojo de certas pessoas! Se alguém puder ajudar na continha dela agradeço, pois irei precisar.

Contato: 51 – 9204 8777



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ESTUDO

CONSUMO CONSCIENTE

PROTEÇÃO

AMOR PROFUNDO

ÍNDIA

RESGATE

ASFIXIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>