Estudo feito nos EUA mostra que chimpanzés reconhecem injustiça


Chimpanzés reconhecem injustiças mesmo quando não dizem respeito a eles mesmos. Esta percepção em relação aos outros pode ser uma forma rudimentar da justiça social que caracteriza as sociedades humanas.

Em estudos anteriores, diversos primatas de grande e pequeno porte (e até cães) responderam mal ao receberem recompensas menores para a mesma tarefa que deu a outros prêmios melhores. Mas nenhum desses animais aparentemente reconheceu injustiças em relação a outros.

Sarah Brosnan, primatologista da Universidade de Geórgia, em Atlanta (EUA), e seus colegas treinaram chimpanzés em cativeiro para trocar fichas por petiscos. Depois, avaliaram como pares do mesmo sexo reagiam a diversos níveis de compensação.

Como esperado, os primatas tenderam mais a rejeitar uma cenoura sem graça quando seu parceiro ganhava uma deliciosa uva pela mesma ficha. E, surpreendentemente, eles também se mostraram mais inclinados a rejeitar a uva se seus parceiros ganhavam apenas uma cenoura.

Nos experimentos anteriores, outros grupos de chimpanzés não se mostraram sensíveis a injustiças contra outros indivíduos. É possível que os animais do estudo de Brosnan tenham rejeitados as uvas em parte devido à proximidade física dos menos afortunados (ou seja, por temerem algum tipo de retaliação), sugerem os pesquisadores.

Fonte: Folha Online

Nota da Redação: Cada vez mais, estudos comprovam que os animais são seres sencientes. Eles sentem, como nós, e são portanto sujeitos de direito, não podendo ser usados ou explorados para os fins humanos, mas sim, respeitados em sua integridade.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ÓRFÃO

ARTIGO

DESACATO

GENTILEZA

DOR E SOFRIMENTO

EDUCAÇÃO

BENEFÍCIOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>