Nova espécie animal é descoberta durante mergulho em reserva ecológica


Pesquisadores do Projeto Ceriantos do Brasil, do Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo (USP), acabam de descobrir, durante mergulho no fundo do mar, na Reserva Biológica Marinha do Arvoredo, em Florianópolis (SC), uma nova espécie.

Segundo o doutorando da USP e pesquisador do projeto, Sérgio Stampar, os animais encontrados na reserva pertencem a um grupo denominado Cnidaria. Esse grupo de organismos tem células especializadas que são urticantes, ou seja, provocam irritações semelhantes às da urtiga na pele humana. Também fazem parte desse grupo os corais, as anêmonas e águas-vivas.

Stampar disse que a espécie encontrada provavelmente é um coralimorfário (Corallimorpharia) e que curiosamente só foram encontrados na reserva em grupos de três.

Leandro Zago, analista ambiental do ICMBio, disse que esse tipo de descoberta, quando associada aos resultados de outras pesquisas que estão em andamento na Reserva Biológica Marinha do Arvoredo, revela a importância daquela área para a conservação de muitas espécies conhecidas e de muitas outras ainda desconhecidas pela ciência.

“Apesar de as pesquisas científicas ainda terem muito que desvendar sobre a biodiversidade marinha e terrestre da Reserva, os resultados obtidos até o presente mostram que aquela área é extremamente rica em espécies”, afirmou o analista, ao lembrar que os trabalhos já realizados e catalogados no banco de dados da reserva registraram a ocorrência de mais de 1.400 espécies na unidade, sendo 21 delas novas para a ciência e 22 ameaçadas de extinção.

Outro exemplo da riqueza e importância biológica da reserva é a recente descoberta de uma colônia de pólipos de águas-vivas também feita pelos pesquisadores do Projeto Ceriantos do Brasil. O pesquisador Sergio Stampar encontrou esses pólipos durante a pesquisa em campo e, segundo ele, a Reserva é a primeira localidade no Brasil onde será possível o acompanhamento da população desses animais em ambiente natural.

Fonte: ABN News


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DESMATAMENTO

BARBÁRIE

PRESSÃO INTERNACIONAL

INVOLUÇÃO

UNIÃO

PREVENÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>