Morte de centenas de aves alerta sobre perigo de inseticida


A morte de centenas de graúnas, inhambus, perdizes, pombos e outras espécies de pássaros alerta para o perigo da aplicação do inseticida Furazin 310 FS, utilizado no tratamento de sementes nas culturas de arroz e milho.

Foto: Raízes da Terra
Foto: Raízes da Terra

As mortes aconteceram na Fazenda Terra de São José, no município de Talismã, extremo sul do Tocantins. Até agora os órgãos responsáveis não divulgaram a proporção do impacto ambiental. De acordo com o proprietário da fazenda, Orlando Palin, o acidente ocorreu no mês de fevereiro e foi provocado depois da aplicação do inseticida Furazin 310 FS em uma lavoura de milho, onde as aves teriam ingerido o veneno e morrido.

Foto: Raízes da Terra

Ainda não foi divulgado pelo Naturatins – Instituto Natureza do Tocantins, responsável pela análise dos animais recolhidos -, o motivo da morte das aves e se a aplicação do inseticida estava ou não correta.

Foto: Raízes da Terra

Sobre o Furazin 310 FS

O inseticida Furazin 310 FS é produzido pela FMC – Agricultural Products. A redação do ATITUDE tentou entrar em contanto com a FMC, mas não obteve êxito.

Com Informações do Atitude Tocantins



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ACADEMIA ESPECISTA

SADISMO

DE OLHO NO PLANETA

ARTIGO

MAUS-TRATOS

TRAGÉDIA

RETROCESSO

SOFRIMENTO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>