Curitiba aprova lei que pune maus-tratos a animais


Laelia Tonhozi
tonhozister@gmail.com

Caros amigos e amigas animalistas, 

Curitiba aprovou hoje, em primeiro turno, uma lei que pune quem pratica maus-tratos a animais. Segunda-feira, há uma votação que acredita-se ser apenas confirmativa. A lei prevê penas pecuniárias e sanções impeditivas do exercício pleno de cidadania. 

Há anos havíamos proposto esta lei. Ela sofreu algumas alterações, mas avaliamos que as transformações trouxeram, além do caráter punitivo, também o caráter educativo.

Sabemos que cultura demora a mudar e a nossa longa história de uso e maltrato do outro ainda exigirá muito de nosso investimento diário. Assim, podemos sem dúvida comemorar e até nos garantir de algum instrumento na hipótese da queda do art. 32 da Lei dos Crimes Ambientais.

São sempre instrumentos legais a oferecerem alguma garantia aos animais e nos dão respaldo para nossas denúncias. 

Assim, nos resta comemorar!

Saudações animalistas!

Laelia Tonhozi
Educadora Ambiental – Especialista
Movimento Animalista do Paraná
FDDA Curitiba


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AGRESSÃO BRUTAL

INSTINTO

VIDA NA RUA

RESPEITO E AFETO

FINAL FELIZ

TRISTEZA

PUNIÇÃO

MAUS-TRATOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>