Gato considerado morto consegue voltar para casa após nove meses desaparecido


Uma família na Inglaterra, nove meses depois de ter enterrado o gato de estimação, descobriram que ele estava vivo e bem.

Angelo Petrillo, da cidade de Milnrow, já havia achado difícil o bastante contar para as crianças que Alfie, o gato, havia sido atropelado, em junho passado. O que ele sabia, porém, é que  Alfie havia desaparecido e que, buscando pelo corpo, encontrou um gato, que julgou ser o seu, levou para casa e enterrou.

foto do gato
Foto: Reprodução/G1

Logo depois disso, no entanto, os Petrillo se mudaram de bairro e, há poucos dias, seus antigos vizinhos telefonaram para eles para informar que havia um gato tentando entrar na antiga casa deles de todas as maneiras.

Angelo achou que era lorota, mas sua esposa, Katy, foi até lá e descobriu que o gato era, de fato, Alfie.

“A gente levou Alfie para o veterinário e eles disseram que parece que ele deve ter entrado em um caminhão de entregas e foi levado para bem longe e, quando ele conseguiu voltar, nós já havíamos mudado. Foi ótimo que nossos vizinhos souberam como fazer contato conosco”, disse.

Para evitar que coisas desse tipo aconteçam de novo, os Petrillo colocaram um microchip em Alfie e, agora, ele vai ser rastreado via satélite.

Fonte: R7


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

INSPIRAÇÃO

DENÚNCIA

MUDANÇAS CLIMÁTICAS

RETROCESSO

RESPONSABILIDADE

SOLIDARIEDADE

MISSÃO

ACADEMIA ESPECISTA

SADISMO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>