Espanhóis protestam contra a caça de focas canadenses


Um grupo de diversas mulheres seminuas cobertas de sangue falso fizeram um protesto em frente ao consulado canadense em Barcelona, na segunda-feira (15), contra a caça anual de focas.

As ativistas dos direitos dos animais deitaram no chão da Praça de Catalunha, enquanto os homens, vestidos como os caçadores, fingiam bater nelas com varas.

A caça anual na costa atlântica do Canadá “é uma realidade sangrenta” a cada ano, disse o responsável pelo grupo de direitos dos animais AnimaNaturalis, que organizou o protesto.

A caça é permitida por “razões comerciais” e “se esconde atrás do falso argumento de que uma superpopulação de focas prejudica a população de bacalhau ao largo da costa do Canadá”, disse Jonathan Torralba, chefe de comunicação de AnimaNaturalis em Espanha. “Na verdade, isso é devido ao excesso de pesca e não a um excesso de focas.”

Foto: Reprodução

Cerca de 6.000 canadenses participam da caça às focas a cada ano. Em julho de 2009, a União Europeia aprovou a proibição de produtos derivados da foca, decidindo que as mercadorias não poderão ser comercializados a partir de 2010.

Em novembro, o Canadá apresentou uma queixa formal na Organização Mundial do Comércio contra a proibição da UE sobre produtos derivados importados, alegando violação das regras de comércio.

Fonte: AFP


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

POVOS ORIGINÁRIOS

FINAL FELIZ

DOR E SOFRIMENTO

DESUMANIDADE

AGRESSÃO BRUTAL

INDÚSTRIA CRUEL

ECONOMIA

AMEAÇA DE EXTINÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>