Filhote de buldogue vítima de espancamento chamou a atenção de centenas de pessoas nos EUA


Centenas de pessoas estão interessadas em adotar o buldogue Spike, filhote com apenas 11 meses de idade, vítima de um espancamento brutal praticado por sua tutora e gravado com uma câmera de celular. Enquanto o animal se recupera das pancadas recebidas, a responsável Maria Aguilar está presa em uma cela dos Estados Unidos, onde ocorreu o caso.

O buldogue ficou praticamente cego de um olho, teve fratura no quadril, uma perna e três dentes quebrados e ferimentos nos ouvidos, conforme as autoridades. A violência foi gravada por uma testemunha com o auxílio de um celular. A agressora deve ser levada ao tribunal no dia 12 de abril.

Spike sofreu fraturas pelo corpo após ser agredido com uma pá. Foto: Divulgação.

Fonte: Folha da Região


Nota da Redação: A esperança é que este cãozinho receba em seu próximo lar um ótimo tratamento, diferente do que recebera no primeiro lugar em que residiu, e que a mulher que o espancava receba nada além de um lugar na cadeia.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ARTIGO

DESACATO

GENTILEZA

DOR E SOFRIMENTO

COMPORTAMENTO

BENEFÍCIOS

CRUELDADE

SENCIÊNCIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>