Mais de 3 mil quelônios são soltos na natureza


Ribeirinhos de uma comunidade do município de Barreirinha, no interior do Amazonas, devolveram à natureza 3.900 quelônios. Os animais foram soltos em 23 comunidades rurais participantes do projeto ambiental “Pé de Pincha”, coordenado pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam). O objetivo é preservar espécies em extinção.

Comunidades cuidam dos animais até a soltura. Foto: Divulgação
Comunidades cuidam dos animais até a soltura. (Foto: Divulgação/Portal Amazônia)

Na comunidade do Ariaú, no Rio Andirá, o trabalho de soltura foi dividido entre 20 famílias rurais da Amazônia. Os comunitários assumiram a responsabilidade de, após a coleta dos ovos e eclosão, cuidar dos animais até a soltura.

– Com o projeto, estamos preservando para que daqui há algum tempo essas espécies estejam entre nós e que nossos filhos e netos possam conhecer esses animais-, disse o coordenador do projeto na comunidade de Ariaú, Ivenilson Gomes de Araújo.

Uma equipe de profissionais e estudantes da Ufam acompanha o trabalho dos ribeiros durante o ano todo. Eles coletam dados das espécies devolvidas aos rios. – Com o apoio da universidade e da prefeitura, conseguimos chegar às áreas mais remotas para dar apoio às comunidades -, disse o engenheiro de pesca da Ufam, Thiago Luiz Anízio.

Esta é a 9ª vez que moradores das comunidades rurais que fazem parte do projeto Pé-de-Pincha se reúnem para comemorar a soltura de quelônios no rio Andirá. Somente neste ano, 25 mil filhotes de tracajás, tartarugas, iacá, irapuca e outras espécies serão soltos com objetivo de repovoar os rios e lagos da região.

Fonte: Portalamazonia


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DESAMPARO

COVARDIA

APOIO COLETIVO

MISSÃO

SÃO SEBASTIÃO (SP)

DEMANDA CRESCENTE

CRISE CLIMÁTICA

CRUELDADE

ALERTA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>