Ativistas pretendem fazer panfletagem em escolas de filhos de pesquisadores de animais, nos EUA


Por Giovanna Chinellato (da Redação)

Depois de protestos e intervenções diretas, os defensores dos animais agora planejam realizar manifestações nas escolas de filhos de pesquisadores que utilizam animais em experimentos científicos.


Imagem: Reprodução/Laist
Imagem: Reprodução/Laist


Conforme anunciou o site Negotiation is Over (em português, “a negociação acabou”), os ativistas planejam realizar uma panfletagem nas escolas para educar os estudantes e mostrar o que os pais de seus colegas fazem para viver. O objetivo inicial é atingir o neurobiologista Dario Ringac, da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, que utiliza primatas em experimentos científicos.


Imagem: Negotiation is Over
Imagem: Negotiation is Over


Isso deixou a comunidade científica enraivecida, conforme declarações de pesquisadores, que planejam protestar contra a ação dos ativistas pelos direitos animais. “É nisso que chegamos? Essa é realmente a sociedade em que queremos viver? Se não, precisamos erguer a voz definitivamente”, escreveu Janet D. Stemwedel no Science Blog, uma professora assistente de filosofia na universidade do Estado de San Jose.

“Não se deve usar o filho de ninguém porque se discorda dos atos de seus pais. Temos que parar com isso, não importa quem está causando, não importa a causa que defendem”, Stemwedel continua. “Cada vez mais essas técnicas são usadas, morremos aos poucos como uma sociedade pluralista, não importa que lado apoiemos. Qualquer civil deveria se sentir ultrajado e dizer isso”.

No último dia 14 de fevereiro, ativistas contra a vivissecção de primatas manifestaram-se em frente à casa do neurobiologista Dario Ringac sobre as mutilações, torturas e assassinato de primatas não humanos. Outra postagem no Negotiation is Over diz que Ringac nunca tratou nenhum paciente e sua tortura de animais nunca ajudou nenhum paciente humano.

Com informações de Laist


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DESUMANIDADE

AGRESSÃO BRUTAL

INDÚSTRIA CRUEL

ECONOMIA

AMEAÇA DE EXTINÇÃO

ACIDENTE

CRUELDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>