Pequim decide proibir o consumo e a venda da carne de cães e gatos com nova lei chinesa


A China punirá com 15 dias da apreensão 5.000 yuanes de multa (735 dólares à mudança atual) ao consumo da carne dos gatos ou dos cães de acordo com a nova lei da proteção animal, segundo o jornal Global Times.

“Os vendedores poderão pagar ainda multas mais drásticas, entre 1.470 e 73.530 dólares”, anuncia o jornal.

Comer a carne dos gatos e dos cães é uma tradição da culinária que se enraizou na China, assim como em outras zonas do continente Asiático. Na província chinesa no sul de Guangdong, por exemplo, a carne canina é chamada geralmente “carne aromática” e são vendidas em mercados agriculturais como algo comum.


Fonte: Diário Vasco


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ESTADOS UNIDOS

FEBRE AMARELA

REVERSÃO

FINAL FELIZ


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>