Espiritualidade para cães e gatos em Bauru (SP)


O templo de umbanda Cacique Thunan, localizado no Parque das Nações, em Bauru (SP), inicia um atendimento diferenciado no próximo dia 6 de março. A partir dessa data, todo primeiro sábado do mês o templo realizará passes espirituais em cães e gatos de estimação.

De acordo com o dirigente espiritual e sacerdote do templo, Pai Ricardo Barreira, os animais são sensíveis e absorvem energias presentes nos ambientes e provenientes de seus tutores, o que é capaz de lhes causar prejuízos à saúde e mudanças comportamentais. “Os animais são muito sensíveis a energias. Muitas vezes, quando o tutor não está com uma energia boa, os bichos acabam ‘pegando para eles’ essa energia e sofrem alguns males. E no caso de uma energia mais densa ou que se prolonga por muito tempo, isso pode causar um mal físico, manifestando-se biologicamente”, afirma.

Nessa situação, Barreira apresenta o passe espiritual como medida para aliviar possíveis energias que estejam prejudicando os animais de estimação, funcionando como um tratamento espiritual. “Através do atendimento espiritual, buscamos proporcionar mais conforto e condições emocionais para os animais. Geralmente constatamos que, quando a energia da casa e das pessoas é melhorada, os bichos de estimação acompanham a melhora”, garante o dirigente espiritual e sacerdote que também é presidente da Federação de Umbanda e Candomblé do Estado de São Paulo “Reino de Oxalá”.

Frequentadora do templo do Pai Ricardo Barreira, Renata Ferreira de Lima realizou uma limpeza espiritual em sua casa e notou uma melhora de comportamento em sua cadela Angel. “A Angel não comia e parecia que estava com depressão, mas depois que o Ricardo (Barreira) foi em casa e realizou um passe para a limpeza espiritual, ela melhorou. Ficou parecendo que tem um ano de idade, totalmente feliz e brincando demais”, relata sobre a cadela que tem oito anos.

Ricardo Barreira afirma que a intenção do templo de umbanda é somar esforços na recuperação física ou comportamental de cães e gatos. “Temos um regulamento que instrui as pessoas para que os trabalhos saiam em harmonia com os animais. Entre os itens, o proprietário tem inclusive que assinar uma declaração na qual afirma estar ciente de que o tratamento espiritual não dispensa o tratamento veterinário”, cita o dirigente espiritual e sacerdote de umbanda. “Não queremos que nenhum animal sofra por falta de atendimento veterinário”, garante.

Questionado sobre a expectativa da recepção do público bauruense, Ricardo Barreira disse saber o impacto que isso pode causar, mas que, devido ao atual movimento de preservação do meio ambiente e proteção de animais, as pessoas devem entender a intenção deste atendimento especial. “Obviamente que tudo o que é novidade causa estranheza entre as pessoas, mas no tempo em que vivemos, de consciência sobre a preservação do meio ambiente e dos animais, as pessoas devem olhar com bons olhos. Temos que lembrar que natureza não consiste apenas de matas e rios, mas também de animais, e que a harmonia entre tudo isso é essencial no mundo atual”, esclarece o dirigente espiritual e sacerdote do templo de umbanda.

Mais informações pelo telefone (14) 9784-0128.

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

VIOLÊNCIA INJUSTIFICADA

ASSASSINATO BRUTAL

EXEMPLO

AGROPECUÁRIA

POVOS ORIGINÁRIOS

FINAL FELIZ

DOR E SOFRIMENTO

DESUMANIDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>