Grupo de estudo de aves inicia temporada de observação da fauna, em Portugal


Uma saída para observação de aves nas Lagoas das Sete Cidades, em S. Miguel, Portugal, assinala sábado (13) o início das atividades da Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA) este ano nos Açores.

A visita, que abrangerá também a zona costeira entre os Mosteiros e a Bretanha, será guiada por Gerbrand Michielsen, especialista em ornitologia dos Açores, especialmente na identificação das espécies americanas e europeias que visitam o arquipélago durante o inverno.

As lagoas e pequenos lagos localizados no interior da Caldeira das Sete Cidades, uma das atrações turísticas de S. Miguel, são locais escolhidos pelas aves migratórias que passam nos Açores esta época do ano.

Nesses locais é possível encontrar espécies comuns, como a garça-real ou o galeirão, mas também aves mais raras, entre as quais o caturro, o zarro-bastardo ou o mergulhão-caçador.

Na zona dos Mosteiros, onde se situa o ponto mais ocidental da ilha de S. Miguel, podem ser encontradas com regularidade espécies como o moleiro-grande ou o ganso-patola.

Esta zona da ilha é um ponto de passagem para muitas aves marinhas.

Fonte:  Ao online


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ÓRFÃO

TRATAMENTO

PROTEÇÃO ANIMAL

CRUELDADE

GRATIDÃO

ESPECIAL

ALEGRIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>