Chineses divulgam imagens de dinossauro que pode ser o mais antigo ancestral dos pássaros



Paleontólogos chineses divulgaram imagens de um novo dinossauro que pode ajudar a explicar melhor a ligação entre os animais pré-históricos e as aves. Cientistas já provaram que os pássaros descendem dos dinossauros, mas muitas lacunas na linha evolutiva ainda precisam ser explicadas.
Foto: Divulgação

A descoberta do Haplocheirus sollers, um animal carnívoro, bípede e que viveu há 160 milhões de anos, esclarece mais peças deste quebra-cabeça. Para os chineses, ele é o mais antigo ancestral dos pássaros, e se alimentava de répteis e pequenos mamíferos. Os restos do dinossauro foram encontrados no deserto de Gobi, na China. 

O fóssil, segundo os paleontólogos, provavelmente pertencia a um jovem dinossauro que – também provavelmente – não chegou a se desenvolver completamente. Sua altura variava entre 190 e 230 centímetros, de acordo com o artigo publicado na revista “Science”. 

“Este dinossauro tem propriedade únicas, mas ao mesmo tempo tem muitas características parecidas com as dos pássaros. Suas mãos se moviam lateralmente, da mesma forma como os pássaros dobram suas asas. Suas coluna e suas patas também têm uma estrutura parecida com a das aves”, explica o professores Xu Xing, da Chinese Academy of Sciences’ Institute of Vertebrate Paleontology & Paleonanthropology. 

Segundo Xu, o dinossauro tem uma pegada parecida com a dos pássaros, com quatro dedos apontando para frente e um para trás. Apesar de não ser propriamente um pássaro, este dinossauro provavelmente foi um dos primeiros na linhagem da evolução das aves.

“Já sabemos que os pássaros vieram dos dinossauros, mas a maioria de nossos fósseis era do período Cretáceo. Agora, podemos rastrear os ancestrais das aves ao período Jurássico. A descoberta nos ajuda a traçar com mais firmeza a linha evolutiva das aves”, conclui. 

Fonte: O Globo



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

FEBRE AMARELA

REVERSÃO

FINAL FELIZ

RÚSSIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>