Governo americano proíbe comércio de nove espécies de cobras


Por Marcela Couto (da Redação)

Oficiais federais querem manter nove espécies de cobrar constritoras longe dos EUA, alegando que elas são invasoras e apresentam uma ameaça ao equilíbrio do ecossistema.

cobra

Ao contrário das cobras venenosas, as do tipo constritor matam suas vítimas esmagando seus corpos.

Nova York é a cidade que mais recebe vida selvagem importada, de acordo com o secretário Ken Salazar. O veto decretado pelo governo determina que nenhuma espécie de serpente considerada invasora poderá entrar no país.

Dentre as espécies banidas estão pythons da Birmânia, África do Norte e África do Sul, a constritora “boa” e a anaconda.

Cerca de 1 milhão de cobras dessas espécies foram importadas nos últimos 30 anos e a maioria acabou em criação doméstica.

As cobras são populares como pets nos EUA mas tornam-se destrutivas quando soltas no meio-ambiente, especialmente em ecossistemas sensíveis como o parque nacional Everglades na Flórida. Sem predadores naturais, essas cobras se adaptam muito facilmente e devoram as populações nativas de animais, como os jacarés cujos restos foram encontrados em seus estômagos.

“Este é um dia importante para a conservação de espécies nos EUA,” disse o diretor do Serviço de Vida Selvagem Sam Hamilton.

Hamilton espera que as nove serpentes estejam em breve na lista negra do tráfico de animais, assim como as cobras venenosas.

O ideal seria que todos os animais estivessem livres das caixas de madeira dos carregamentos áereos, vivendo em seus habitats e a salvo dos verdadeiros invasores que se julgam racionais.

Com informações de Los Angeles Times


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SOB INVESTIGAÇÃO

AGRESSÃO BRUTAL

INSTINTO

VIDA NA RUA

RESPEITO E AFETO

FINAL FELIZ

TRISTEZA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>