Canadense de 16 anos é preso por violentar gato


Um garoto de 16 anos, de Dartmouth, Nova Scotia (Canadá) foi preso sob acusação de ter violentado o gato da família.

O garoto não pode ter seu nome revelado por questões legais. Ele foi preso no fim de semana e foi levado a depor diante de um tribunal de menores nesta quinta-feira (21).

A mãe do garoto notou que o gato tinha uns machucados estranhos e o levou para o veterinário onde foi constatado que o animal havia sofrido violência sexual.

Em dezembro passado, o garoto já havia sido sentenciado a seis meses de liberdade assistida por crime de agressão sexual. No dia 3 de maio, ele vai responder por dez acusações diferentes, que variam entre abuso sexual e exposição indecente do corpo.

O garoto está detido sob custódia no centro para menores infratores de Nova Scotia e deve ficar por lá, pelo menos até fevereiro, quando vai haver a audiência que determinará a fiança do seu caso.

Fonte: R7


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

BOA AÇÃO

CHINA

HEROÍNA

FINAL FELIZ

PAUTA EMERGENCIAL

SOLIDARIEDADE

GESTO DE AMOR


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>