Animais de estimação podem se intoxicar ao ingerir plantas venenosas


Foto: Alexandre Borrmann
Foto: Alexandre Borrmann

Pessoas que moram em casas com quintal ou jardim muito provavelmente dispõem de diversas espécies de plantas para ornamentar a residência. Até quem mora em apartamento não dispensa uma bela orquídea ou samambaia. É bom saber, no entanto, que existem algumas ervas que podem ser tóxicas ou até mesmo venenosas para os bichos de estimação. Mas antes de sair recolhendo todas as plantinhas da casa, confira a seguir a lista de alguns exemplares que podem ser criados sem medo, e outros que exigem cautela.

AS BENÉFICAS

Camomila (Matricaria chamomilla)

Foto: Rykerstribe
Foto: Rykerstribe

Trata-se de uma herbácea que mede de 20 a 50 cm de altura, de caule ramificado e flores miúdas. Além de bela, essa famosa plantinha não faz mal algum se ingerida, muito ao contrário. Ela auxilia nas dores estomacais e gases intestinais, no bom funcionamento do fígado e na reposição de minerais. A planta também é um excelente calmante.

Erva-doce (Pimpinella anisum)

Esta erva é famosa por seu chá, mas poucos sabem que consumir suas pequenas flores e folhas ajuda a aumentar a lactação nas fêmeas e ainda diminui o nervosismo e estresse nos bichinhos.

Erva-de-gato (Nepeta cataria)

Esta erva é famosa por promover a sensação de alegria e prazer aos bichanos e serve de matéria-prima para o catnip. Suas flores surgem no verão, e são justamente elas que possuem um óleo com odor de menta que atrai os bichinhos. A planta ainda é calmante e trata cólicas e diarreia.

Capim-santo (Cymbopogon citratus)

Foto: Cliff
Foto: Cliff

A erva, também conhecida como capim-limão, tem um excelente aroma, ideal para ser criada em jardins e locais com espaço, já que pode chegar a até 50 cm de altura. A planta é ideal para combater problemas do sistema digestivo e cólicas. Pode ser ingerida por humanos e animais.

MANTENHA SEUS ANIMAIS LONGE

Comigo-ninguém-pode (Dieffenbachia ssp)

Esta herbácea é famosa por ter o poder de espantar o mau olhado, mas também deveria ser afastada de cães e gatos. Isso porque suas folhas e caule, ao serem ingeridos, causam inflamação na língua, vômito, diarreia e asfixia.

Copo-de-leite (Zantedeschia aethiopica Spreng)

Foto: Mauro Guanandi
Foto: Mauro Guanandi

Apesar de bela e de estar presente em grande parte dos jardins, a planta não é indicada para quem tem pets. Isso porque, a exemplo da comigo-ninguém-pode, ela causa vômitos e inflamação na língua. A planta inteira é tóxica e pode levar à asfixia.

Bico-de-papagaio (Euphorbia pulcherrima)

A planta tem arbustos que medem até 3 m de altura e é dona de belas flores brancas e vermelhas. Sua parte tóxica está principalmente na seiva leitosa, que irrita a pele e, se houver ingestão, causa náuseas, vômitos e diarreia.

Espirradeira (Nerium oleander)

Foto: Antonio
Foto: Antonio

O arbusto pode medir até 2 m de altura e é usado na composição de paisagismo devido à suas belas folhas e flores nas cores rosa, amarelo, vermelho e branco. A planta pode causar, no entanto, distúrbios cardíacos e até mesmo o coma.  A planta é tão tóxica que pode levar cães e gatos à morte.

Onze-horas (Portulaca grandiflora)

Dona de flores com cores vibrantes e coloridas, essa planta é geralmente cultivada em vasos, dentro ou fora de casa. No entanto, ela é extremamente tóxica se ingerida, causando inflamação da língua, queimação e vômitos. Ela pode, inclusive, matar por asfixia.

Fonte: Pet Mag


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ÓRFÃO

ARTIGO

DESACATO

GENTILEZA

DOR E SOFRIMENTO

EDUCAÇÃO

BENEFÍCIOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>