Tigresa maltratada em circo está cega, diz veterinária de ONG


A veterinária Kelli Spitalety, da ONG Rancho dos Gnomos, que recebeu a tigresa do circo Continental Americano como doação, disse hoje ao Notícia da Manhã que o animal está cego em decorrência dos maus-tratos.

Foto: Reprodução/Cidade Verde
Foto: Reprodução/Cidade Verde

Segundo Kelli, a tigresa está com visíveis sinais de abatimento e completamente cega de um olho. “Com certeza ela vai perder a visão do outro olho. Além disso, teve os dentes e as garras cerradas durante 15 anos de atividade”, declarou.

A debilitação é em decorrência da falta de alimentação, que faz parte do treinamento do animal para as apresentações no circo.

Fonte: Cidade Verde


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

INSTINTO

VIDA NA RUA

RESPEITO E AFETO

FINAL FELIZ

TRISTEZA

PUNIÇÃO

MAUS-TRATOS

SEGUNDA CHANCE

CENSURA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>