Estudo revela que gafanhoto usa visão, e não o tato, para determinar seus passos


Cientistas de Cambridge filmaram gafanhotos escolhendo passos com base em informação visual. (Imagem: G1)
Cientistas de Cambridge filmaram gafanhotos escolhendo passos com base em informação visual. (Imagem: G1)

Pesquisadores demonstraram pela primeira vez que gafanhotos, à semelhança de mamíferos, usam a visão, e não o tato, para determinar seus passos. O estudo, publicado na revista científica Current Biology, foi liderado por Jeremy Niven, da Universidade de Cambridge. A descoberta lança nova luz sobre a habilidade dos insetos de realizar tarefas complexas, como o controle visual dos membros, comumente associado aos mamíferos.

“É outro exemplo de insetos assumindo comportamentos que, previamente, nós pensávamos serem limitados a animais com cérebros relativamente maiores, com controle motor sofisticado, como humanos, macacos e polvos ”, afirmou Niven.

Uma vez que insetos como abelhas e moscas gastam a maior parte do tempo voando, a maioria dos estudos tem se concentrado em como usam a visão durante o voo. Outros insetos gastam grande parte do tempo andando, como baratas e grilos, mas eles têm olhos pequenos e grandes antenas, acionadas para “sentir” o caminho que vão seguir.

Gafanhotos, por sua vez, gastam o tempo de forma mais equilibrada, caminhando e voando. Têm antenas curtas e olhos grandes, o que despertou a curiosidade de Niven para verificar se usavam a visão para definir seus passos.

A equipe de pesquisadores construiu uma escada com proporções compatíveis às de um gafanhoto e filmaram o inseto avançando degrau a degrau.

Ganhotos são usados como organismo-modelo para o estudo do controle de membros há 40 anos. Tais pesquisas têm sido cruciais para grandes descobertas em neurociência e em robótica aplicada ao controle de membros.

Fonte: G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSERVAÇÃO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS

MAUS-TRATOS

HABITATS DESTRUÍDOS

OMISSÃO

ECONOMIA CIRCULAR

DEDICAÇÃO

TECONOLOGIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>