Pesquisadores buscam ações para evitar desaparecimento da onça-pintada


O Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Carnívoros (Cenap), do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), reuniu 35 pesquisadores em Atibaia, São Paulo, para discutir medidas que ajudem a reverter o crescente quadro de redução da onça-pintada no país.

onca1

Os estudiosos já definiram 50 ações emergenciais para preservar a espécie, que vão desde a adoção de políticas públicas até o combate à caça. Segundo os pesquisadores, a caça aliada aos conflitos dos predadores com atividades humanas e à fragmentação de habitats naturais são as causas mais sérias para o desaparecimento do mamífero.

A onça-pintada é considerada “ameaçada” na Mata Atlântica, “vulnerável” no cerrado e “criticamente ameaçada” na caatinga. A melhor situação do animal está no Pantanal e em pontos da Amazônia.

Os pesquisadores fizeram ainda estatísticas sobre as populações de onças no país, o que pode ajudar nos esforços para salvar a espécie onde ela tem maior risco de desaparecer em curto e médio prazos. O Nordeste abriga menos de 250 desses animais e pode ter a espécie extinta em 60 anos. Uma solução para mudar essa tendência preocupante é criar novas unidades de conservação e corredores unindo as já existentes, ligando assim as populações isoladas.

Em meados de 2010, o governo federal promete publicar um plano nacional para a conservação da onça-pintada, levando em conta todos esses aspectos.

Fonte: Atibaia News


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CALIFÓRNIA

ANGÚSTIA

COMPANHIA

VIOLÊNCIA INJUSTIFICADA

ASSASSINATO BRUTAL

EXEMPLO

AGROPECUÁRIA

POVOS ORIGINÁRIOS

FINAL FELIZ


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>