Morte de gato causa polêmica na UFSM, em Santa Maria, RS


O Centro de Ciências Rurais (CCR) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) anda em polvorosa com uma história que ganhou força na Internet. Dois estudantes,  um de graduação e outro do mestrado do curso de Zootecnia, são apontados como autores da morte de um gato preto, que apareceu no setor de suínos, no campus.

Na versão que circula por e-mails e rendeu uma série de ofensas aos dois rapazes em seus perfis no site de relacionamentos Orkut, a dupla é apontada como responsável por agredir e torturar, com garfos e facas, um gato preto, durante um suposto churrasco no dia 19 de novembro. O estudante de pós-graduação confirmou que matou o animal, mas alegou que tomou a atitude porque o bichano estaria agonizando, praticamente à beira da morte.

A UFSM abriu uma sindicância para apurar o que ocorreu. Os dois estudantes, que chegaram a se afastar por alguns dias de suas atividades na universidade, registraram as ameaças e as ofensas na polícia e pretendem buscar, na Justiça, uma reparação pública daqueles que os acusam e indenização por danos morais.

Fonte: Diário de Santa Maria


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ÓRFÃO

TRATAMENTO

PROTEÇÃO ANIMAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>