Cavalo que passava fome é resgatado graças a um pedido de ajuda enviado pelo Facebook


Por Joana Bronze (da Redação)

Recentemente, um morador de uma comunidade rural da Flórida, Estados Unidos, viu um cavalo magro e determinou-se a encontrar ajuda para o animal.

Depois que suas ligações e contatos com as autoridades locais não obtiveram uma resposta (talvez porque o tutor do cavalo supostamente tivesse ligações políticas), emitiu um pedido de ajuda no Facebook, postando uma foto do cavalo, que passava fome. Solicitou a seus amigos a passarem a informação adiante, esperançoso de que alguém saberia como ajudar a salvar o animal.

A imagem do animal divulgada no Facebook
A imagem do animal divulgada no Facebook

As visitas ao facebook aumentaram, e os telefones da PETA tocaram denunciando esta crueldade, solicitando uma investigação com urgência.

Contatamos a polícia local, e em poucas horas o departamento apreendeu o cavalo da propriedade. O cavalo foi levado para um veterinário para avaliação e recuperação e agora está aguardando por um tutor responsável.

Sites de redes sociais como o Facebook e o Twitter podem oferecer mais do que fotos de festas e recados de amigos. Este incidente mostra que eles também podem ser usados para salvar vidas de animais inocentes. As redes sociais são instrumentos fundamentais de denúncia e divulgação de informação.

Com informações de PETA


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

VIDAS PERDIDAS

DEDICAÇÃO

SOFRIMENTO EMOCIONAL

DOÇURA

AÇÃO HUMANA

JAPÃO

FINAL FELIZ

POLUIÇÃO SONORA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>