Mais bem aproveitado

PETA quer transformar ex-rancho de Elvis Presley em museu dos direitos animais

Por Marcela Couto (da Redação)

Quando pensamos em Elvis Presley, o primeiro assunto que vem à mente não é nem de longe direitos animais. Mas, se depender do PETA, essa ligação existirá em breve.

elvis1

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

O novo projeto do PETA consiste em transformar uma das antigas propriedades de Elvis Presley em um museu dos direitos animais, chamado “Don’t be cruel” (Não seja cruel), que serviria como um centro de aprendizado para crianças.

A ideia surgiu depois que o dono atual do local colocou a propriedade à venda pelo valor nada popular de U$6,5 milhões. Considerando que a venda poderá levar alguns anos devido à situação do mercado, o PETA resolveu apresentar o projeto para que o local seja útil nesse meio tempo.

O grupo quer utilizar o local para educar estudantes sobre como os animais que comemos são sensíveis e inteligentes, e também sobre os benefícios de uma dieta vegana para o planeta, os animais e nossa saúde.

A proposta do centro Don’t Be Cruel inclui um vasto material sobre animais de fazenda e um café especial com alternativas de alimentação vegana. Todos os pequenos visitantes receberiam uma vaquinha de pelúcia com a inscrição “Não seja cruel: Torne-se vegano!” e uma cópia do livro em quadrinhos pró-veganismo intitulado A vida de uma vaca.

Elvis Presley foi dono do rancho de 1966 a 1971, mas, infelizmente, o proprietário atual não parece muito interessado no projeto. O PETA promete insistir na investida.


Com informações de Los Angeles Times

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui