Grupos de direitos animais entram em cena para ajudar a libertar a elefanta Lucy, no Canadá


Por Karina Ramos (da Redação)

A luta para retirar a elefanta Lucy do Zoológico do Vale de Edmonton atingiu seu ápice agora que os grupos de direitos animais obtiveram representação legal.

Imagem: Reprodução/CBC News
Imagem: Reprodução/CBC News

O Zoocheck Canadá e a PETA (Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais) conseguiram uma opinião legal escrita pelo eminente advogado Clayton Ruby, em Toronto, Canadá.

Ruby disse que, a menos que a cidade de Edmonton concorde em enviar Lucy para um santuário na Califórnia até o dia 19 de novembro, ele irá instaurar um processo alegando que a cidade está violando a Lei de Proteção Animal de Alberta ao manter o elefante doente e em sofrimento. “Este é um elefante muito doente”.

“Ela está estressada devido ao tédio, se tornou obesa por causa da falta de exercício e tem artrite”, disse Ruby. “Manter um animal nessas condições viola a lei de proteção animal”.

Ruby disse que vai argumentar que o zoológico também está violando alguns padrões ao deixar Lucy sozinha.

Fonte: Metro News

Nota da Redação: Zoológicos são lugares inadequados aos animais, os quais devem viver livres em seus habitats naturais. A sociedade deve compreender, em definitivo, que só o fato de existir o confinamento desses seres em ambientes artificiais já caracteriza crime de violação dos direitos animais. Essa elefanta representa milhares de outras vítimas, que sofrem todos os dias.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

TAILÂNDIA

ESTUPIDEZ HUMANA

POLUIÇÃO

AUSTRÁLIA

ÓRFÃO

MALDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>