Homem estrangula rato tutelado para provocar esposa durante briga


Por Marcela Couto (da Redação)

Um homem da cidade de DeLand foi acusado de crueldade animal grave por ter estrangulado um rato que mantinha como pet. O motivo do crime foi banal; de acordo com a polícia local, o homem se irritou porque sua mulher pegou o último cigarro do maço e resolveu provocá-la matando o animal.

fdp
Foto: Associated Press

Além disso, Darren Daniels, 22, também recebeu acusações por ter ameaçado sua esposa durante a discussão. A moça, de 20 anos, correu para fora da casa para se esconder do companheiro.

Antes disso, Daniel pegou o rato branco da gaiola do apartamento, esmagou sua cabeça e em seguida o estrangulou.

Mesmo depois de todo o ocorrido e de ainda ter tentado fugir do depoimento, Daniels poderá se livrar das acusações com uma fiança de U$ 3.000. Com a nova acusação de ameaça, ele terá que desembolsar mais U$ 5.000 para se livrar da prisão.

Com informações de Los Angeles Times

 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

TECNOLOGIA

DESUMANIDADE

ACOLHIMENTO

EFICIÊNCIA

VIDAS PERDIDAS

DEDICAÇÃO

SOFRIMENTO EMOCIONAL

DOÇURA

AÇÃO HUMANA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>