Estreia na internet site islâmico de Direitos Animais


Por Vitor Marinho (da Redação)

Segundo relatório demográfico anunciado pelo Pew Forum on Religion & Public Life, quase uma em cada quatro pessoas no mundo é muçulmana, e elas não se encontram sempre onde imaginamos: com exceção da Indonésia e Paquistão, em nenhum outro lugar há tantos muçulmanos quanto na Índia, país de maioria hindu – o equivalente a mais que o dobro dos muçulmanos existentes no Egito. Segundo a pesquisa, há mais muçulmanos na China que na Síria, e a Alemanha abriga mais muçulmanos que o Líbano.

Escrita árabe em forma de leão

Em um esforço para alcançar a crescente comunidade muçulmana, um novo site na internet, IslamicConcern.com, acaba de lançar o que inclui Hadith (histórias e ditos do profeta Maomé) e citações do Alcorão e de líderes islâmicos sobre a compaixão para com toda a “Criação” humana e não humana. No web site, as pessoas podem aprender sobre como a pecuária causa sofrimento e viola os direitos fundamentais dos animais – tais como marcar a fogo quente o corpo do animal, amputar a cauda, debicar ou castrar sem anestésico –, as práticas de vivissecção e o uso de pele animal violam os ensinamentos de Maomé de respeitar os animais.

O site IslamicConcern.com é mais uma importante fonte de pesquisa para muçulmanos e não muçulmanos preocupados em combater o especismo da nossa cultura contemporânea e contribuir para o aperfeiçoamento moral humano.

Com informações do Islamic Concern , PETA e Pew Forum


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

INSTINTO

VIDA NA RUA

RESPEITO E AFETO

FINAL FELIZ

TRISTEZA

PUNIÇÃO

MAUS-TRATOS

SEGUNDA CHANCE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>