Ursa do Zoo já não corre risco de morte, mas filhote ainda não apresentou melhoras


Depois de dois dias internada, a ursa Capitu, habitante confinada no zoo de Salvador, não corre mais risco de morte nesta quarta-feira, 30. No entanto, o seu filhote Pancho, de apenas 2 anos, continua sob observação e seu estado de saúde ainda não apresentou melhoras. No último domingo (27), os dois tiveram infecção intestinal depois de ingerir grande quantidade de balas e pirulitos atirados pelo público.

Capitu já voltou ao convívio com outros animais (Imagem: Reprodução/A Tarde Online)
Capitu já voltou ao convívio com outros animais (Imagem: Reprodução/A Tarde Online)

Com informações: A Tarde Online

Nota da Redação: Enquanto os animais estiverem confinados em zoológicos, estarão suscetíveis a doenças e a complicações de todo tipo, pois não há saúde que resista à artificialidade desses ambientes inventados e ao sofrimento causado pela exploração.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

TRAGÉDIA

RETROCESSO

SOFRIMENTO

DIFICULDADES FINANCEIRAS

BELO HORIZONTE (MG)

COVARDIA

CRUELDADE

PROTEÇÃO ANIMAL

ALERTA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>