Zoológico impede que elefanta doente seja levada a santuário e faça novos exames


Por Marcela Couto (da Redação)

Oficiais do zoológico de Edmonton Valley não permitirão que mais veterinários examinem Lucy, a elefanta asiática, e disseram isso diretamente para o ativista Bob Barket, famoso ex-apresentador de um game show.

elefanta
Barker ao lado da elefanta Lucy. Foto: Reprodução CBC

 

“O encontro foi péssimo”, comentou Barker, após conversar em particular com os responsáveis pelo zoológico. “O zoológico está implacável. Eles nem mesmo querem considerar que Lucy seja levada ao santuário assim que estiver melhor”.

Em uma conferência recente, Narker solicitou ao zoo que mais especialistas possam examinar o animal para decidir se ele poderá ser transportado para um santuário na Califórnia.

“Gostaríamos que uma equipe de veterinários examinasse Lucy e determinasse quando ela estará pronta para viajar, isso se ainda não estiver”, disse Barker aos repórteres.

O zoológico declarou que a elefanta não pode ser transportada porque o veterinário James Oosterhuis não a considerou suficientemente saudável. O médico disse que poucos movimentos poderiam matar Lucy, pois ele teria descoberto que suas narinas estão tão entupidas que ela respira somente pela boca.

Apesar do apelo de Barker, a decisão continua.

A defensora Julie Woodyer questionou a decisão do zoológico, que foi baseada apenas na opinião de Oosterhuis. Ele foi o único de 11 especialistas que se mostrou contra a mudança de Lucy.

O caso irá parar na justiça, e parece que um dos melhores advogados do país foi indicado pela PETA para representar Barker e os interesses dos ativistas.

Nota da Redação: Parece bem claro que o zoológico favoreceu a decisão de Oosterhuis porque será plenamente beneficiado com a exploração da elefanta. Deixar que Lucy tenha uma vida digna em um santuário não faz parte dos interesses daqueles que a condenaram a uma vida de privação para obter lucro.

Com informações de CBC NEWS

 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ÓRFÃO

TRATAMENTO

PROTEÇÃO ANIMAL

CRUELDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>