Justiça proíbe a realização de rodeios em Marília (SP)


(da Redação)

A Justiça acatou uma Ação Civil Pública movida pela União Protetora dos Animais de Marília (Upam) e proibiu a realização de dois rodeios com shows marcados para ontem à noite na cidade. Os eventos seriam realizados nas arenas da Unimar (Universidade de Marília) e na antiga Examar e estavam previstos também para o sábado e domingo.

O pedido da Upam foi deferido pelo juiz de Direito Valdeci Mendes de Oliveira. A sentença divulgada prevê o cancelamento dos rodeios, sob pena de multa diária em R$ 50 mil para cada uma das organizadoras pelo descumprimento da ordem judicial e utilização de qualquer animal. A liminar também cancela qualquer alvará que tenha sido concedido pela Prefeitura para a realização do rodeio.

O juiz destaca ainda que a decisão “não é impeditiva de realização de shows artísticos humanos”, “mas apenas proibitiva de atividades de diversão pública que possam infligir dor, sofrimentos, torturas e maus-tratos aos animais”.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

RESPEITO E AFETO

FINAL FELIZ

TRISTEZA

PUNIÇÃO

MAUS-TRATOS

SEGUNDA CHANCE

CENSURA

DESPERTAR

PROTEÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>