Rede Globo é condenada por crueldade cometida contra animais no programa “No Limite”


O relatório do juiz Gustavo Henrique Cardozo Cavalcante concedeu em parte a medida liminar pretendida, determinando a imediata proibição da gravação e exibição, no programa No Limite, de provas que envolvam animais de quaisquer espécies, bem como a gravação e exibição de cenas em que se submetam animais a maus-tratos, fixando multa diária em R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) para o caso de descumprimento da ordem, para cada programa exibido em desobediência à determinação judicial, com esteio no artigo 789 do Código de Processo Civil e artigos 4º, 5º, 11 e 12 da Lei nº 7.347/ 85.

Foi intimado o Diretor Geral do programa No Limite, José Bonifácio Brasil de Oliveira (conhecido como “Boninho”), para cumprimento da ordem, sob as penas legais.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

BOA AÇÃO

CHINA

HEROÍNA

FINAL FELIZ

PAUTA EMERGENCIAL

SOLIDARIEDADE

GESTO DE AMOR


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>