Serviço de veterinário volante da FAS começa na segunda em Sorocaba (SP)


Trailer está exposto no auto-posto Lótus, na Dom Aguirre - Créditos: Fábio Rogério
Trailer está exposto no auto-posto Lótus, na Dom Aguirre - Créditos: Fábio Rogério

A partir da próxima segunda-feira (31), as comunidades carentes poderão levar seus animais de estimação ao veterinário pelo preço único de R$ 10,00, além de receberem o medicamento que for preciso. A iniciativa, pioneira no Brasil e que conta com apoio da Prefeitura de Sorocaba, é da Fundação Alexandra Schlumberger (FAS), que transformou um trailer em consultório veterinário, atendendo às normas da Vigilância Sanitária. A unidade móvel percorrerá bairros carentes não só de Sorocaba, mas de toda a região.

Segundo a presidente da entidade de proteção aos animais, Eliana Allegretti, a ideia de se ter um consultório ambulante já era antiga, mas somente agora foi possível comprar o veículo, ao custo de R$ 23 mil, já que a entidade não recebe recursos da Prefeitura.

Para chamar a atenção das pessoas quanto ao novo serviço a ser prestado, o trailer poderá ser visto, até o dia 11 de setembro, no auto-posto Lótus, na avenida Dom Aguirre, próximo do Corpo de Bombeiros, no Jardim Santa Rosália. Mas já a partir de segunda-feira haverá um veterinário atendendo.

De acordo com ela, o veículo foi equipado para todo procedimento de rotina, menos cirúrgico. Para isso o animal que precisar ser operado será encaminhado para o Centro de Atendimento Veterinário FAS, que fica na rua Humaitá, 96, no Centro, atrás do Fórum Velho.

Eliana Allegretti e a vice-presidente da entidade, Daniela Mestre, esperam também conscientizar as pessoas da importância em manter os bichinhos de estimação com bons cuidados, lembrando que disso também depende a saúde pública.

Atendimento
Embora ainda não haja um calendário de atendimento, o consultório volante funcionará sempre dentro de uma unidades escolar da rede municipal. Isso por entender que a escola do bairro é um bom local de encontro das pessoas. O atendimento será sempre das 8h às 17h.

As duas administradoras da FAS esperam também contar com o bom senso da população no sentido de que sejam levados somente os animais cujos tutores não têm condições financeiras para arcar com os custos numa clínica particular. Eliana Allegretti ressaltou que não poderá negar atendimento a nenhum animal, mas apela para quem tenha melhor poder aquisitivo, para não usar os recursos destinados ao mais carentes.

Bairros como Vila Helena, Nova Esperança e Jardim Baronesa, estão entre os primeiros da lista a receber o consultório móvel, mas o atendimento será estendido também a outros municípios.

Fonte: Cruzeiro do Sul


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PROTEÇÃO ANIMAL

CRUELDADE

GRATIDÃO

ESPECIAL

ALEGRIA

VÍTIMAS DA CAÇA

MAUS-TRATOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>