Policiais apreendem 45 pássaros confinados para comércio


Policiais ambientais apreenderam ontem (25), numa casa no bairro do Éden, em Sorocaba (SP), 45 aves da fauna brasileira. A localização dos pássaros aconteceu mediante denúncia anônima de que o pedreiro R.U.P., 43 anos, responsável pelas aves, as comercializava, o que é proibido. Autuado pelo comércio ilegal, o pedreiro recebeu uma multa superior a R$ 30 mil.

A apreensão aconteceu por volta das 14h, quando os policiais encontraram as 45 aves distribuidas em mais de trinta gaiolas. Havia canários da terra, canários do reino, coleirinhas, galo da campina e azulão, que está em extinção.

Foto: Fábio Rogério/Jornal Cruzeiro do Sul
Foto: Fábio Rogério/Jornal Cruzeiro do Sul

A comercialização de animais é totalmente proibida. Diante disso, o pedreiro foi autuado, por cada pássaro, em R$ 595,00, e em R$ 4.171,00 por cada azulão, por estar em extinção. No total, sua multa chegou a R$ 30.500,00.

Por saber que muitas pessoas podem ter essas aves para comercializar, a Polícia Ambiental orienta que, se não quiserem ser autuados, que façam entrega voluntária na base da Polícia Ambiental, que fica na avenida 3 de Março, no Alto da Boa Vista. O pedreiro foi liberado para responder em liberdade.

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DEMANDA CRESCENTE

CRISE CLIMÁTICA

CRUELDADE

ALERTA

LIBERDADE

PROTEÇÃO ANIMAL

COVARDIA

RETROCESSO

UMA ESPIRAL VIRAL

TRÁFICO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>