Elefante ganha prótese na perna e volta a andar depois de 10 anos


A elefante fêmea Motola, de 48 anos, recebe a prótese que permitiu que ela voltasse a caminhar depois de 10 anos. Foto: Apichart Weerawong/AP
A elefante fêmea Motola, de 48 anos, recebe a prótese que permitiu que ela voltasse a caminhar depois de 10 anos. Foto: Apichart Weerawong/AP

Uma elefante de 48 anos voltou a caminhar neste domingo (16), na Tailândia, ao receber uma prótese na perna dianteira esquerda. Motola, a elefante fêmea, estava sem caminhar há 10 anos, após ter sido vítima de uma explosão de mina terreste. Neste domingo ela recebeu a prótese e deu os primeiros passos sozinha.  

A elefante mobilizou defensores dos direitos animais ao redor do mundo, em uma campanha que arrecadou fundos para o desenvolvimento da perna artificial.

Fonte: G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

INSTINTO

VIDA NA RUA

RESPEITO E AFETO

FINAL FELIZ

TRISTEZA

PUNIÇÃO

MAUS-TRATOS

SEGUNDA CHANCE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>