Piauí iria sediar campeonato brasileiro de rinha de galo


Os 140 galos apreendidos pelo Ibama, Polícia Federal e Polícia Militar Ambiental (Cipama),  na noite de ontem (14), em um sítio no povoado Cerâmica Cil, zona sul de Teresina, Piauí, participariam de uma espécie de campeonato brasileiro de briga de galos.

A suspeita é do Ibama, já que uma lista, com 200 nomes de proprietários dos galos, foi encontrada no local, com nomes e identidades de pessoas do Maranhão, Minas Gerais e outros Estados.

Segundo o fiscal do Ibama, Edmilson dos Santos, que participou da apreensão, também foram encontrados medicamentos, seringas e anabolizantes que seriam aplicados nos animais. Além de toda uma estrutura montada, com os tanques para as brigas e arquibancadas para os espectadores.

O proprietário do sítio foi identificado, mas está foragido. Segundo Edmilson, o Ibama já sabe onde encontrá-lo e assim que for pego será autuado. O local onde acontece às rinhas também será destruído.

Além dos tatus abatidos, também foram encontradas alguns cozidos. Os galos serão entregues da Delegacia Federal de Agricultura.

Fonte: Cidade Verde


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AVANÇO

COMPORTAMENTO

'SAVE RALPH'

ÍNDIA

REVOLTA

AÇÃO SOCIAL

MÉXICO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>