Estudantes fazem homenagem ao cão Catatau


Estudantes acompanham show da Damadera, que tocou na abertura da temporada 2009/2 do Projeto 12:30 e homenageou o Catatau (Foto: Susi Padilha)
Estudantes acompanham show da Damadera, que tocou na abertura da temporada 2009/2 do Projeto 12:30 e homenageou o Catatau (Foto: Susi Padilha)

Ontem (5) foi dia de homenagem ao UFSCão Catatau, muso e mascote de toda uma geração que frequenta o campus da Universidade Federal em Florianópolis (SC) e que morreu em circunstâncias ainda desconhecidas. A estudante Daniela Fany Hess enviou um texto sobre esse peculiar cachorro, definitivamente um ser político:

Um exemplo a seguir

O que dizer de um cão como Catatau? Um cão único em todo o planeta capaz de mudar ideias, capaz de fazer valer os direitos de homens e animais, capaz de lutar (mais que muitos de nós) por um mundo melhor.

Catatau deixa o exemplo de luta justa e honesta que deve ser seguida por todos. O animal escolheu o campus universitário UFSC como moradia e procurava zelar por seu lar em todos os sentidos, tanto em suas “funções caninas” de proteger o campus de pessoas estranhas ou mal intencionadas, como defendia a bandeira da democracia abraçando causas em favor dos servidores públicos na luta por seus direitos como também atuando fervorosamente na luta estudantil por uma educação mais Justa e democrática.

Em um país como o nosso tão carente de líderes realmente interessados na educação do povo, Catatau mostrou ser leal aos seus propósitos e logo cativou a simpatia de todos em comícios onde seguia bem à frente liderando os alunos com suas faixas para rua e indicando o lugar por onde deveriam seguir. Catatau logo se tornou um símbolo para toda a “moçada”.

É importante destacar que o cãozinho Catatau é único na história e ele nos deu a honra de habitar entre nós da Universidade Federal de Santa Catarina — UFSC. Que nunca houve uma história como essa em nenhuma outra Universidade Federal no Brasil, possivelmente em toda a América Latina, eu ainda arriscaria dizer que em todo o mundo nunca se soube de um cão com tanta nobreza como este, que lutou por melhorias para os seres humanos.

Infelizmente Catatau foi assassinado dentro do campus universitário, provavelmente por espancamento, e depois atirado em um valão. Não sabemos quem foi. Mas estas pessoas sabem que fizeram!!! Só não sabem por quê??? Fica aqui meu alerta: o ser humano está doente, vivemos em uma sociedade doente capaz de barbáries horríveis por motivo fútil. Precisamos urgentemente seguir o exemplo nobre de Catatau e lutar por um mundo melhor para homens e animais.

Daniela Fany Hess, homenagem a Catatau (05/08/2009)

Para assistir ao vídeo feito no campus, acesse aqui.

Fonte: Blog Mascotes


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

HABITATS DESTRUÍDOS

TRISTEZA

AVANÇO

ESTELIONATO

MALDADE

ESTADOS UNIDOS

FEBRE AMARELA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>