Campanha de castração de animais domésticos


CCAD – Campanha de Castração de Animais Domésticos
campanha.castracao@gmail.com

Bicho não é algo descartável! Eles sentem fome, dor e medo!

imagem de um cachorro sendo descartado junto a latões de lixo

Porque castrar seu animal de estimação?

A castração evita, na fêmea, a gravidez psicológica, a piometra (infecção uterina) e alguns tumores mamários. Nos machos evita tumores testiculares, hérnias perianales, tumores de glândulas hepatóides, tumores de glândulas perianales, tumores e quistos prostáticos, entre outros.

Segundo o “American Journal of Veterinary Research ” (Jornal Americano de Pesquisa Veterinária), a longevidade de um animal castrado aumenta em machos caninos 24%, em machos felinos 36%, em fêmeas caninas 20% e em fêmeas felinas 40%.
(Fonte: http://avmajournals.avma.org/)

“No caso de animais domésticos, para evitar sua reprodução e amansar seu comportamento. Atualmente, a castração é considerada o melhor método para evitar a proliferação de animais de rua, como cães e gatos. O animal doméstico castrado não apresenta comportamentos reprodutivos tais como fugir de casa, miados altos durante o cio, brigas, demarcação de território com urina, etc. É uma garantia de segurança para o animal, que embora continue adequado inclusive para guarda de residências, torna-se mais equilibrado e emocionalmente estável.”
(Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Castração)

Caso você não tenha nenhum animal de estimação, repasse este e-mail para seus amigos e conhecidos. Ou apadrinhe a castração de um animal de rua. Desta forma você estará colaborando para reduzir o número de animais abandonados nas ruas e que muitas vezes acabam morrendo atropelados ou recolhidos pela carrocinha.

Para mais informações, ligue:  51-8444.2535, ou pelo e-mail: campanha.castracao@gmail.com


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ESTUDO

ÁFRICA DO SUL

CÂNCER DE PELE

CONSERVAÇÃO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS

MAUS-TRATOS

HABITATS DESTRUÍDOS

OMISSÃO

ECONOMIA CIRCULAR


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>